Idealizador Raphael Levy Miranda

IDEALIZADOR


Raphael Levy Miranda nasceu em 05 de fevereiro de 1895, na Cidade de Amargosa, no interior do Estado da Bahia. Era o terceiro filho dos treze que tiveram João Izidro de Miranda e Francisca Maria dos Santos Miranda. Ele cursou seus primeiros anos primários na cidade de Nova Laje e, transferido para Salvador, cursou até a quarta série ginasial. Em 1918 conheceu Maria Angelina de Souza e começou um namoro, porém, por ele ser de família humilde e não ser batizado, a família de Maria Angelina não o via com bons olhos, foi quando, a pedido de sua namorada, converteu-se ao catolicismo e foi batizado em 11 de fevereiro de 1919. Casaram-se em 08 de maio de 1920 e tiveram o filho Antônio Izildro de Miranda.

Foi funcionário do Banco do Brasil de dezembro de 1922 à julho de 1923. Trabalhou também no Banco Francês-Italiano e, em fevereiro de 1928 retornou a trabalhar no Banco do BrasilEm 1934, residindo na cidade de Salvador, vendo que havia um grande número de mendigos, fundou, com o apoio de autoridades, o abrigo nomeado Abrigo do Salvador. Em março de 1935, Levy Miranda foi transferido, pelo Banco do Brasil, para o Rio de Janeiro. Em outubro do mesmo ano, a pedido do então Presidente Getúlio Vargas, iniciou a construção de um abrigo para mendigos, que se denominaria Abrigo do Cristo Redentor, sendo inaugurado em dezembro de 1936. Os trabalhos beneficentes de Levy Miranda não se encerraram por aí, ele acabou tornando-se idealizador de muitas outras obras assistenciais. Entre elas: